JESUS CRISTO

JESUS CRISTO
SEM JESUS CRISTO NADA SOMOS - NOSSA OBRIGAÇÃO COMO CRISTÃOS - DIVULGAR CADA VEZ MAIS SEU NOME E SEUS ENSINAMENTOS - PORQUE SÓ ELE SALVA

sábado, 31 de outubro de 2015

terça-feira, 27 de outubro de 2015

CAPELA SÃO JOÃO BATISTA REALIZA RETIRO DE ORAÇÃO POR CURA E LIBERTAÇÃO RCC – DIOCESE DE TOLEDO



CAPELA SÃO JOÃO BATISTA REALIZA RETIRO DE ORAÇÃO POR CURA E LIBERTAÇÃO

RCC – DIOCESE DE TOLEDO

“TENDE ÂNIMO E VEREIS A LIBERTAÇÃO”

(ÊXODO 14,13)

 

A Renovação Carismática Católica (RCC) da Diocese de Toledo, junto ao grupo de Oração “Santa Luzia” promoveu nos dias 24 e 25 de outubro o Retiro de Oração Por Cura e Libertação. O evento foi realizado na Capela São João Batista, localizada na Comunidade Luz Marina, pertencente à Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Ouro Verde do Oeste. O evento começou no sábado (24) às 8 horas e encerrou no domingo (25) às 14 horas com o almoço.

Ainda no sábado os participantes do encontro, juntamente com a comunidade foram privilegiados com a celebração da Santa Missa, presidida pelo Frei Jurandir de Freitas Silveira.

O tema do retiro foi: “Tende ânimo e vereis a libertação” (Êxodo 14,13)

O Ministério de Oração por Cura e Libertação é o serviço prestado no grupo de oração, orientando seus participantes a buscar a cura e a libertação para si e para os seus, em Jesus, através da oração dos irmãos. O objetivo deste ministério é reacender a chama da fé no coração de todos, Jesus é o ontem, o hoje e sempre estará realizando seus milagres e derramando suas graças em cada um. Deus concede a seus filhos vida em plenitude em Jesus Cristo pelo poder de seu Espírito Santo.

PREGADOR

O Retiro teve como pregador Antônio Carlos (o Carlão), da Renovação Carismática Católica de Londrina/PR, sendo a animação por conta do Ministério de Música Poço de Jacó – RCC Londrina/PR.

 

CONFIRA FOTOS EM NOSSO FACEBOOK

FOTOS RETIRO SÁBADO (CLIQUE AQUI)

FOTOS SANTA MISSA (CLIQUE AQUI)

FOTOS MOMENTO MARIANO (CLIQUE AQUI)

FOTOS RETIRO DOMINGO (CLIQUE AQUI)

CONHECER A RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

A RCC (Renovação Carismática Católica) surgiu nos EUA na década de 1960, a partir da experiência de alguns membros católicos da universidade de Duquesne, que se reuniam frequentemente para momentos fortes de oração e para conversar sobre a vitalidade de sua vida de fé. Tiveram então um retiro de fim de semana, o “retiro de Duquesne”, em Pittsburg, clamaram e receberam o Espírito Santo, experimentaram pentecostes e uma mudança profunda em suas vidas, assim aconteceu o marco inicial da RCC no mundo.

 

A EXPANSÃO DA RCC

Após alguns anos a “Renovação Carismática Católica” despontou em todo o mundo, do oriente ao ocidente e de norte ao sul, todos proclamavam com poder o Espírito Santo. A RCC não se afasta das instituições da Igreja, mas a elas se submetem.

 

Em outubro de 1973, o Papa Paulo VI na I Conferência Internacional de Líderes em Roma, disse aos dirigentes da RCC: “alegramo-nos convosco, queridos amigos pela renovação espiritual que se manifesta hoje em dia na Igreja, sob diferentes formas e em diversos ambientes. Certas notas comuns aparecem nesta renovação:

• O gosto por uma oração profunda, pessoal e comunitária a Deus;

• Um retorno à contemplação e uma ênfase no louvor a Deus;

• O desejo de entregar-se totalmente a Cristo;

• Uma grande disponibilidade às inspirações do Espírito Santo;

• Uma leitura mais assídua da Bíblia;

• Um amor fraterno mais generoso;

• A vontade de prestar uma colaboração aos serviços da Igreja.

Em tudo isso podemos conhecer a obra misteriosa e discreta do Espírito que é alma da Igreja”.

 

ASSISTA NOSSOS VÍDEOS




QUAL A SUA MISSÃO?

A RCC tem como missão levar a experiência com Deus através do Batismo no Espírito Santo e do Grupo de Oração.

Para tanto, é preciso realizar um trabalho pastoral evangelizador partindo de grupos de oração, onde a aproximação e a prática religiosa mantenham-se associadas ao cotidiano de cada indivíduo.

O grupo de oração existe também para provocar o processo de renovação espiritual que entre os principais pontos da prática da RCC destacam-se a oração de louvor, de ação de graças, a súplica do Espírito Santo, a exaltação à Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo), o reconhecimento do senhorio de Jesus Cristo, a participação nos sacramentos da Igreja Católica, a veneração à Nossa Senhora como mãe divina e rainha, a plena obediência à doutrina da Igreja, a harmonia com toda sua hierarquia e a obediência a sua Santidade o Papa, aos Bispos e Sacerdotes.

A reunião de pessoas que louvam e ouvem a palavra de Deus nos grupos de oração também tem como objetivo levar todos os participantes a experimentar o pentecostes pessoal, a crescer e a chegar à maturidade da vida Cristã.

 

O QUE É UM GRUPO DE ORAÇÃO?

O grupo de oração é o principal serviço e expressão da RCC. O grupo de oração é o lugar aonde o povo vai se encontrar com Deus. Sua finalidade, então, é anunciar o querigma, isto é, fazer o primeiro anúncio, o anúncio da boa nova, tendo em vista a efusão do Espírito Santo. Cheias do Espírito de Deus. Consequentemente as pessoas se abrem ao louvor e vivenciam que, quando louvamos a Deus com o coração, ele nos devolve esse louvor transformando em graças, cura e libertação, bênçãos que vêm de encontro às nossas necessidades.

Convidamos todos para participarem do grupo de Oração Santa Luzia, toda quarta-feira, às 20 horas. Na terceira quarta-feira do mês missa de louvor às 20 horas na Capela São João Batista em Luz Marina.

 

“A Renovação Carismática não é um movimento dentro da Igreja

é a Igreja em movimento”.

(heribert mühlen)

 

PORTAL SJ – Divulgando

www.cidadesaojose.com.br



VÍDEOS INDICADOS POR NOSSO BLOG

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

MISSA - CAPELA SÃO JOÃO BATISTA - LUZ MARINA



CELEBRAÇÃO DA SANTA MISSA COM BATISMO

CAPELA SÃO JOÃO BATISTA

Na noite da última quarta-feira, às 20 horas, aconteceu na Capela São João Batista a celebração da Santa Missa, presidida pelo Frei Jurandir de Freitas Silveira, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Ouro Verde do Oeste.

Durante a celebração que contou com inúmeros fiéis, foi ministrado o Sacramento do Batismo às duas adolescentes.



CONFIRA MAIS FOTOS EM NOSSO FACEBOOK


BATISMO

O primeiro dos sacramentos o próprio Jesus instituiu o Batismo, segundo Mateus, juntamente com seu “mandato missionário” no Dia da Ascensão. Desde os primeiros dias do cristianismo, o batismo foi o passaporte para entrar na comunidade cristã; é um ato de iniciação. Jesus permitiu que João Batista o batizasse e assim iniciou sua missão.

O batismo é a porta de entrada na Igreja, necessário para a salvação, pelo menos em desejo, e, também, para receber validamente os outros sacramentos. A graça batismal é uma realidade rica que produz o nascimento para a Vida Nova, pelo qual o homem se torna filho adotivo do Pai, membro de Cristo, herdeiro do Reino de Deus, templo do Espírito Santo. O Batismo incorpora o batizado à Igreja e redime do pecado original e de todos os pecados pessoais.

 

PREPARAÇÃO PARA RECEBER O BATISMO

Os pais têm obrigação de cuidar que as crianças sejam batizadas logo nas primeiras semanas de vida. Toda comunidade deve oferecer uma oportunidade aos pais de preparação para o batismo de seus filhos, levando-se em conta a necessidade e as condições dos mesmos.

A preparação deve ser entendida como um conjunto de iniciativas que promovam pais, padrinhos e batizandos adultos, não só com doutrinação, mas também com a inserção na vida comunitária.

A Igreja diz que por ser o batismo um sacramento que incorpora o batizando à comunidade, o ideal é que tanto a preparação quanto a celebração sejam feitos na comunidade onde os pais ou batizandos adultos moram ou freqüentam habitualmente.

A comunidade, e todos aqueles envolvidos no trabalho de evangelização, têm como função tronar os encontros e os aprendizados participativos, fraternos e atualizados, que levam os participantes a uma comunhão pessoal com Jesus.

É importante usar a sensibilidade e adequar o conteúdo aos participantes. Antes de qualquer coisa, é preciso que a comunidade mostre através de gestos concretos a ação de Deus que permita vivenciar em sua própria vida e na comunidade esse amor.

Crianças com até 7 anos de idade não precisam de preparação, mas crianças maiores, adolescentes e adultos devem ser inseridos na comunidade para que aprendam a importância dos sacramentos e vivenciem Deus em seu coração e em sua vida.



A IMPORTÂNCIA DOS PADRINHOS

Os padrinhos têm como papel levar o afilhado à luz, encaminhá-lo na estrada de Jesus e mostrá-lo o valor da fé, do amor e da caridade.

O padrinho que aceitar a tarefa de encaminhar religiosamente o afilhado deve ter para si sua importância neste trabalho e deve fazê-lo de livre escolha. A Igreja pede que o padrinho escolhido tenha completado 16 anos de idade, seja católico, crismado, já tenha feito a primeira comunhão, participe da comunidade e não seja pai ou mãe do batizando.

COMO É A CELEBRAÇÃO

O batismo deve acontecer em uma missa solene e festiva, é mais um filho que está nos braços de Deus. Todos devem estar cientes da importância e do momento feliz ao estar recebendo este sacramento.

Em casos de doença, a Igreja permite que o batismo seja realizado na casa ou no hospital da criança. Dá-se preferência também que o sacramento seja celebrado aos domingos, o Dia do Senhor.

Quando batizados ainda criança, devem ser encaminhados para seguir a primeira comunhão e a crisma. Quando adultos, devem ser preparados e receber de uma só vez os sacramentos de iniciação (batismo, crisma eucaristia). Os pais têm direito a uma certidão que comprove o batismo.



CONFIRA NOSSO VÍDEO

PORTAL SJ - DIVULGANDO

VÍDEOS INDICADOS POR NOSSO BLOG

domingo, 18 de outubro de 2015

UMA DUVIDA...



UMA DUVIDA...

Ás vezes me pergunto sobre algumas coisas que acontecem comigo em relação a minha fé e o que vejo e sinto em diversas situações em que estou inserido, seja como participante, seja fazendo um trabalho em uma missa, em um encontro, ou até mesmo num grupo de oração.

Algumas indagações me ocorrem com frequência, principalmente quando da adoração ao Santíssimo. Vem-me uma observação de que o porquê das pessoas chorarem tanto na presença de Deus.

Ai cabe uma explicação para não ser mal entendido.

É obvio que a presença de Deus é impactante e forte nas emoções daquele momento, e nada mais justo que a emoção tome conta e choremos mesmo. Mas o que muitas vezes noto é o choro de descompromissado com o próprio Deus, choro este,  que em muitas vezes é porque mais pessoas estão chorando e vamos nessa também.

Mais um reflexo do que todos estão fazendo do que uma consciência de que ali esta o nosso salvador, nosso Deus. Porque essas emoções não são vividas realmente por algumas pessoas, que não se entregam de verdade ao grande momento vivido na presença do Senhor.

Na minha maneira de ver e interpretar este momento (longe de querer ser dono de alguma verdade) vejo que se estamos na presença de Nosso Senhor, temos a oportunidade de entregar nossos problemas, que em muitas vezes, são humanamente impossíveis de se resolver, de entregar nossas vidas a Ele, e abrir nosso coração para que Ele realmente nos cure das nossas mazelas e feridas. Ficamos a nos lamentar e choramingar de tristeza.

Se estivermos diante dele e temos a convicção verdadeira de que Ele é nosso salvador e mestre, e que pode nos ajudar em qualquer situação de nossas vidas, o porquê de não chorar sim, mas de alegria e satisfação, chorar de amor por este Deus tão maravilhoso e amoroso para com todos nós.

Choremos sim, mas de contentamento, de gratidão, de devoção, de entrega a este Deus que nos ampara, que nos ama incondicionalmente (mesmo quando não o amamos da mesma maneira como ele nos ama), que as lágrimas derramadas sejam de felicidades por estar em sua presença e entregar nossos problemas, nossos pecados, nossas fraquezas, nossas quedas.

Deus nos conhece em tudo, Ele esta a nossa espera para um encontro pessoal com cada um de nós, seu desejo é que falemos com Ele como uma pessoa próxima e presente em nossa vida.

Por isso que às vezes me pergunto o porquê de tanta resistência a se entregar a Deus e a seus ensinamentos, muitas vezes choramos e nos emocionamos somente naquele momento, e quando saímos, já esquecemos o choro por Deus e rimos para as coisas do mundo, como se o mundo fosse maior que Deus.

Para Nosso Senhor damos um choro de lamentação, de sofrimento, e muita das vezes vazio de devoção e sentimentos em relação a Ele.

Para o mundo o choro é de felicidade e contentamento.

Para as coisas do mundo toda a atenção em tempo integral, para Deus poucas horas, isso quando não são poucos minutos.

Para um evento do mundo, toda a entrega e sacrifício, quantas pessoas não se sacrificam por um show de algum artista, passando dias a espera do tal ídolo, apenas por um acesso do tal artista, por um autógrafo rabiscado em um objeto qualquer, mas para o autógrafo de Deus em nossas vidas não temos tempo e nem paciência, Deus não quer nós dar um autógrafo não, Ele quer é escrever, gravar, imprimir (e não é num objeto qualquer não) é colocar o nome dele em nosso coração, em nossa vida.

Por isso me faço sempre esta pergunta, quando me encontro diante de Deus, choro e me emociono pelo simples fato de já ter uma ideia em minha mente já  gravada  de que na presença de Deus sempre vou ter de chorar, ou se vou chorar e me emocionar por amor a Ele, por alegria, por contentamento, por esta na presença de quem vai me salvar?

Se tiver de chorar por Nosso Senhor, e sei que vou chorar muito, garanto que de minha parte vai ser pelos motivos de entrega a Ele, não por fingimento ou por que outra pessoa ao meu lado esta chorando, para acompanhar e não ficar fora do contexto, choro também.

E percebi que pelo menos comigo, algumas coisa do mundo que achava tão engraçadas, hoje já perderam a graça, não me fazem mais rir, não agregam nada a minha vida, e muitas das vezes essas coisas engraçadas é de um sofrimento ou uma situação de outra pessoa esta passando e vira motivo de piadas ou graça na boca de muitos, que na realidade não sabem muitas vezes nem do que estão rindo ou tirando sarro.

Perdemos a oportunidade de ficarmos quietos em relação ao sofrimento de outro irmão, é mais fácil rir, gozar, tirar sarro do que agir e respeitar o outro como a nós mesmo.

A língua ferina, a fofoca, a mentira para envenenar e denegrir alguém, o desejar que um nosso irmão caia na sua fé, e que de preferencia não se levante mais.

Uma realidade que hoje em dia é normal, deixamos de lado o respeito, o amor pelo próximo, mas como dizem muitos (não podemos perder a piada), mesmo que isso signifique fazer alguém sofrer e se magoar com esses atos.

Com todos esses defeitos que, diga-se de passagem, todos nós temos, e muitos não tem e não querem enxergar, (é mais fácil apontar o defeito do outro do que reconhecer em nós mesmo). Deus nos ama e esta de braços abertos à espera que nós entreguemos a Ele na plenitude.

Que vivamos por Ele e para Ele.

Que choremos de alegria e felicidade por estar com Nosso Senhor Jesus Cristo, e passemos a dar mais valor as coisa de Deus e menos as coisas do mundo, por que é simples o raciocínio.

A SALVAÇÃO ESTA EM DEUS E NÃO NO MUNDO E NAS COISAS QUE ELE NOS OFERECE TÃO FACILMENTE.

Que possamos  ter o discernimento e pedir orientação a Deus sobre o que queremos e devemos fazer para estar em comunhão com Ele e seus ensinamentos.

Marcelo Martins


VÍDEOS INDICADOS POR NOSSO BLOG

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

GRUPO DE ORAÇÃO SANTA LUZIA DE LUZ MARINA RECEBE PREGADORES DE SANTA CATARINA



GRUPO DE ORAÇÃO SANTA LUZIA

DE LUZ MARINA RECEBE PREGADORES DE SANTA CATARINA

 

Na noite da última quarta-feira (14), o Grupo de Oração "Santa Luzia" - RCC, Capela São João Batista, pertencente à Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Ouro Verde do Oeste – Diocese de Toledo, viveu momentos de grande graça e poder de Deus, através de mais um grupo de oração.

O grupo iniciou como de costume às 19h30min, com a oração do terço, em seguida a 5ª Novena “Maria Passa à Frente da Minha Casa”, onde houve muito louvor, conduzido pelo casal, Paulo e Lilia da RCC - Santa Catarina.

Eles Coordenadores Estaduais do Ministério para as Famílias no estado de Santa Catarina.

O grupo foi animado pelos cantores, Vanda, Anderson e Zanete, eles integrantes do Ministério ”Só Jesus é o Caminho”, do bairro Cataratas da cidade de Cascavel.

Todos os participantes puderam "experimentar a Graça de Deus em sua vida"!

O grupo de oração Santa Luzia, acontece todas as quartas-feiras, na capela São João Batista em Luz Marina e é coordenado pela senhora Domingas Dechotti da Silva.

CONFIRA MAIS FOTOS EM NOSSO FACEBOOK



Portal SJ – Divulgando

www.cidadesaojose.com.br


VÍDEOS INDICADOS POR NOSSO BLOG

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

MISSA DE COROAÇÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA EMOCIONA E ALEGRA DEVOTOS DE OURO VERDE DO OESTE



MISSA DE COROAÇÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA

EMOCIONA E ALEGRA DEVOTOS DE OURO VERDE DO OESTE

 

Na noite Da última segunda-feira (12) às 19h, foi realizada em Ouro Verde do Oeste, um dos momentos mais emocionantes e esperados pelos católicos presentes na Celebração Eucarística: a Coroação de Nossa Senhora Aparecida.

Pelo fato da Igreja Matriz Nossa Senhora Aparecida estar em reforma, à celebração aconteceu no salão paroquial, anexo a Igreja, e nem por isso deixou de ficar repleta pelos devotos, que acompanhara com muita devoção e alegria a Santa Missa, e após o encerramento da mesma, a entrada dos jovens que dramatizaram a história da Aparição e de alguns Milagres de Nossa Senhora Aparecida.

A Coroação de Nossa Senhora aconteceu depois da celebração da missa, presidida pelo Frei Laércio Dias Sansão e Frei Jurandir de Freitas Silveira.

FOTOS EM NOSSO FACEBOOK

LINK 1 - FOTOS DA MISSA

LINK 2 - FOTOS COROAÇÃO



CONFIRA NOSSO VÍDEO

12 DE OUTUBRO; DIA DE NOSSA SENHORA APARECIDA,

PADROEIRA DO BRASIL.

 

Santa Mãe do Brasil; Nossa Senhora da Conceição Aparecida, popularmente chamada de Nossa Senhora Aparecida, é a padroeira do Brasil. Venerada na Igreja Católica.

Um título mariano negro, Nossa Senhora Aparecida é representada por uma pequena imagem de terracota da Virgem Maria atualmente alojada na Basílica de Nossa Senhora Aparecida, localizada na cidade de Aparecida, em São Paulo.

Sua festa litúrgica é celebrada em 12 de outubro, um feriado nacional no Brasil desde 1980, quando o Papa João Paulo II consagrou a Basílica, que é o quarto santuário mariano mais visitado do mundo, capaz de abrigar até 45.000 fiéis.

 

A APARIÇÃO

Há duas fontes sobre o achado da imagem, que se encontram no Arquivo da Cúria Metropolitana de Aparecida (anterior a 1743) e no Arquivo da Companhia de Jesus, em Roma: a história registrada pelos padres José Alves Vilela, em 1743, e João de Morais e Aguiar, em 1757, cujos documentos se encontram no Primeiro Livro de Tombo da Paróquia de Santo Antônio de Guaratinguetá.

Segundo os relatos, a aparição da imagem ocorreu na segunda quinzena de outubro de 1717, quando Dom Pedro de Almeida, conde de Assumar e governante da capitania de São Paulo e Minas de Ouro, estava de passagem pela cidade de Guaratinguetá, no vale do Paraíba, durante uma viagem até Vila Rica.

O povo de Guaratinguetá decidiu fazer uma festa em homenagem à presença de

Dom Pedro de Almeida e, apesar de não ser temporada de pesca, os pescadores lançaram seus barcos no Rio Paraíba com a intenção de oferecerem peixes ao conde. 

Os pescadores Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso rezaram para a

Virgem Maria e pediram a ajuda de Deus.

Após várias tentativas infrutíferas, desceram o curso do rio até chegarem ao Porto Itaguaçu.

Eles já estavam a desistir da pescaria quando João Alves jogou sua rede novamente, em vez de peixes, apanhou o corpo de uma imagem da Virgem Maria, sem a cabeça.

Ao lançar a rede novamente, apanhou a cabeça da imagem, que foi envolvida em um lenço.

Após terem recuperado as duas partes da imagem, a figura da Virgem Aparecida teria ficado tão pesada que eles não conseguiam mais movê-la.

A partir daquele momento, os três pescadores apanharam tantos peixes que se viram forçados a retornar ao porto, uma vez que o volume da pesca ameaçava afundar as embarcações.  Esta foi à primeira intercessão atribuída à santa.

 

INÍCIO DA DEVOÇÃO

Durante os quinze anos seguintes à imagem permaneceu na residência de Filipe Pedroso, onde as pessoas da vizinhança se reuniam para orar. A devoção foi crescendo entre o povo da região e muitas graças foram alcançadas por aqueles que oravam diante da santa.

A fama de seus supostos poderes foi se espalhando por todas as regiões do Brasil.

Diversas vezes as pessoas que à noite faziam diante dela as suas orações, viam luzes de repente apagadas e depois de um pouco reacendidas sem nenhuma intervenção humana.

Logo, já não eram somente os pescadores os que vinham rezar, mas também muitas outras pessoas das vizinhanças. A família construiu um oratório no Porto de Itaguaçu, que logo tornou-se pequeno para abrigar tantos fiéis.

Assim, por volta de 1734, o vigário de Guaratinguetá construiu uma capela no

alto do morro dos Coqueiros, aberta à visitação pública em 26 de julho de 1745.

A capela foi erguida com a ajuda do filho de Filipe Pedroso, que não aprovava o local escolhido, pois considerava mais cômodo para os fiéis uma região próxima ao povoado.

Há relatos não confirmados de que no dia 20 de abril de 1822, em viagem pelo Vale do Paraíba, o então Príncipe Regente do Brasil, Dom Pedro I e sua comitiva, visitaram a capela e conheceram a imagem de Nossa Senhora Aparecida.

O número de fiéis não parava de aumentar e, em 1834, foi iniciada a construção de uma igreja maior (a atual Basílica Velha), sendo solenemente inaugurada e benzida em 8 de dezembro de 1888.

 

COROA DE OURO E O MANTO AZUL

Em 6 de novembro de 1888, a princesa Isabel visitou pela segunda vez a basílica e ofertou à santa, em pagamento de uma promessa (feita em sua primeira visita, em 8 de dezembro de 1868), uma coroa de ouro cravejada de diamantes e rubis, juntamente com um manto azul, ricamente adornado.

 

CHEGADA DOS MISSIONÁRIOS REDENTORISTAS

Em 28 de outubro de 1894, chegou a Aparecida um grupo de padres e irmãos da Congregação dos Missionários Redentoristas, para trabalhar no atendimento aos romeiros que acorriam aos pés da imagem para rezar com a Senhora "Aparecida" das águas.

 

COROAÇÃO DA IMAGEM

A 8 de setembro de 1904, a imagem foi coroada com a riquíssima coroa doada pela Princesa Isabel e portando o manto anil, bordado em ouro e pedrarias, símbolos de sua realeza e patrono.

A celebração solene foi dirigida por D. José Camargo Barros, com a presença do núncio apostólico, muitos bispos, o presidente da República Rodrigues Alves e numeroso povo.

Depois da coroação o Santo Padre concedeu ao santuário de Aparecida mais outros favores: ofício e missa própria de Nossa Senhora Aparecida, e indulgências para os romeiros que vêm em peregrinação ao Santuário.

 

A RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL

Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi proclamada Rainha do Brasil e sua

Padroeira Principal em 16 de julho de 1930, por decreto do papa Pio XI.

Aparecida-santa A imagem já havia sido coroada anteriormente, em nome do papa Pio X, por decreto da Santa Sé, em 1904.

Pela Lei nº 6 802, de 30 de junho de 1980, foi decretado oficialmente feriado o dia 12 de outubro, dedicando-se este dia à devoção. Também nesta lei, a República Federativa do Brasil reconhece oficialmente Nossa Senhora Aparecida como padroeira do Brasil.

 

CENTENÁRIO DA COROAÇÃO

No mês de maio de 2004 o papa João Paulo II concedeu indulgências aos devotos de Nossa Senhora Aparecida, por ocasião das comemorações do centenário da coroação da imagem e proclamação de Nossa Senhora como Padroeira do Brasil.

Após um concurso nacional, devotos e autoridades eclesiais elegeram a Coroa do Centenário, que marcaria as festividades do jubileu de coroação realizado naquele ano.

PORTAL SJ – DIVULGANDO – www.cidadesaojose.com.br


VÍDEOS INDICADOS POR NOSSO BLOG

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Grupo de Oração "Santa Luzia" – RCC



Grupo de Oração "Santa Luzia" – RCC

Venha participar do Grupo de Oração "Santa Luzia" - RCC,
Quarta Feira dia 14 de Outubro de 2015 as 20h:00.

Teremos a Presença de Paulo e Lilia da RCC - Santa Catarina.
Eles Coordenadores Estaduais do Ministério para as Famílias
no estado de Santa Catarina.

Convidamos você e sua Família a participarem conosco
deste momento de Graça para nossas Vidas.

"Venha experimentar a Graça de Deus em sua vida!"

PORTAL SJ - DIVULGANDO

VÍDEOS INDICADOS POR NOSSO BLOG

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

UMA VERDADE QUE MUITOS NÃO ENXERGAM



Quanto mais o inimigo tenta atrapalhar e destruir,
através de várias formas e usando de todas as armas de que ele dispõe,
ele não nos atinge por uma simples razão,
estamos sob a
LUZ DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO,
E SOB ESTA LUZ,
AS TREVAS NADA PODEM FAZER DE MAL.

PORTAL SJ

VÍDEOS INDICADOS POR NOSSO BLOG
Início Div flutuante centro da tela.Liturgia CNBB } Div flutuante esquerda da tela.Áudio da Missa } }